quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Aldeias portuguesas em vias de extinção


O interior esquecido
Por: Cátia Pacheco
No interior do país muitas das aldeias caíram no esquecimento. E muitas podem estar em vias de extinção
Bustelo do Caima é um lugar escondido e, ao mesmo tempo, esquecido. Esta aldeia da freguesia de Ossela e do concelho de Oliveira de Azeméis tem cerca de cem habitantes. Muitos deles fazem da aldeia apenas um dormitório. Outros são idosos e apenas uma pequena, mas muito pequena percentagem, (sobre)vive da agricultura. A sul, no interior alentejano, encontramos Corte Vicente Anes, uma aldeia da freguesia de Aljustrel e do distrito de Beja, com cerca de 300 habitantes. Aldeia típica do Alentejo, Corte Vicente Anes também teve uma quebra acentuada da população nos anos 60. Jornal Virtual

1 comentário:

al cardoso disse...

Infelizmente ha muitas aldeias nas mesmas condicoes. Por exemplo a minha natal (vila cha d'algodres) que em meados do seculo vinte chegou a ter perto de 300 habitantes, no seco de 2001 tinha 93, e presentemente creio que nem isso!!!
E ate esta bem situada junto a uma estrada nacional e a 8 quilometros da sede concelhia.

Um abraco dalgodrense, para todo o interior.